Pular para as informações do produto
1 de 10

Gamboa

Chapéu Panamá Montecristi - Fedora (Grau 19-20)

Chapéu Panamá Montecristi - Fedora (Grau 19-20)

demarpa0032p.s56

Preço normal R$ 5.040,00 BRL
Preço normal Preço promocional R$ 5.040,00 BRL
Promoção Esgotado
Tabela de Tamanhos Guide Chart Guide Chart
Tamanho
Cor
IMPORTANTE: Os produtos enviados de fora do Brasil podem estar sujeitos a taxas de aplicação de liberação alfandegária e todos eles deverão ser pagos pelo comprador/destinatário. A Gamboa não tem qualquer controle sobre essas cobranças nem consegue estimar o valor delas.
Since this is a premium handcrafted producºt, there may be a slight shipping delay.
Marca: Gamboa PremiumCor: Natural
Material: Palha Toquilla
Aba: 7 a 8 cm. (2.76"- 3.16")
Grau (Tecido): 19 - 20 (Fino Fino)mais informação
Tafilete: Algodão Sarga, 3 cm. (1.18")
Copa: 10.37 - 10.87 cm. (4.1" - 4.3")
Faixa: Linho
Descrição:Um chapéu de luxo, fabricado manualmente no povoado de Montecristi - Equador. Este Chapéu Panamá modelo Fedora (Tuis) para homens é símbolo de elegância e bom gosto.

Cada Chapéu Panamá Gamboa vem numa elegante caixa de madeira feita a mao – a caixa perfeita para o seu Chapéu Panamá.


Nossos Artesãos

A arte de tecer um "Chapéu Panamá" é tanto um legado quanto uma tradição: ela é passada de geração em geração de artesãos. Esses artesãos trabalham com extrema dedicação para transformar tufos de palha em chapéus de alta qualidade. O ciclo se repete, através das gerações em Cuenca, Montecristi e cidades vizinhas.

Nossos artesãos concentram sua atenção nos elementos-chave que resultam em um chapéu de qualidade superior:

  • Qualidade da palha "Toquilla" utilizada: Os artesãos selecionam a palha de variedades específicas e a tratam para garantir sua flexibilidade e durabilidade.
  • A habilidade e capacidade de cada pessoa que tece o chapéu (sempre à mão).
  • O acabamento e o estilo do chapéu.

História do Chapéu Panamá

A matéria-prima para a elaboração do famoso chapéu Panamá é a folha de palmeira "Cardulovica Palmata", conhecida comumente pelo nome de "Palha Toquilla".

Essa planta é cultivada principalmente nas regiões montanhosas da Costa Equatoriana e em cidades do leste do Equador, especificamente nas províncias de Manabí, Guayas, Esmeraldas e Morona Santiago.

Quando os conquistadores espanhóis chegaram ao que hoje são conhecidas como as províncias de Guayas e Manabí, na costa equatoriana, eles observaram os nativos usando chapéus de palha que cobriam suas orelhas e pescoços. Esses chapéus pareciam adereços, semelhantes aos usados por freiras ou viúvas na Europa naquela época. É essa semelhança que deu aos chapéus o nome de "Toquillas" (adereço em espanhol) e fez com que a palha usada para fabricá-los fosse chamada de "Palha Toquilla".

De acordo com a lenda, esse chapéu nativo ganhou seu nome quando Teddy Roosevelt participou da inauguração do Canal do Panamá (1913). Durante o evento, ele recebeu um chapéu de palha equatoriano como presente e, sem saber a verdadeira origem, agradeceu seus convidados pelo presente, mencionando-o como um "chapéu Panamá".

No período de 1800 a 1900, o chapéu de palha se tornou conhecido em todo o mundo. Ele foi destaque em episódios históricos, como a Febre do Ouro na Califórnia, e eventos como a Exposição de Paris em 1900.

Hoje sabemos que o "Chapéu Panamá" é feito no Equador, com os segredos para a elaboração do chapéu sendo transmitidos de geração em geração.

Cada chapéu é único, totalmente feito à mão, e, portanto, deve ser cuidado como um item muito especial.

learn more Roll Up The ultimate hat gift box Ver informações completas